Menu

vivendodebemcomavida.com.br

Não comer nada no café da manhã pode prejudicar o coração

Apesar de parecer um hábito inofensivo, não comer nada durante o café da manhã pode impactar negativamente na saúde. Segundo um novo estudo desenvolvido na Espanha sobre o tema, o jejum durante a parte da manhã pode estreitar as artérias próximas ao coração, o que aumenta os riscos de se desenvolver  diversas doenças cardiovasculares.

Para a pesquisa, foram analisados os hábitos e a saúde de mais de quatro mil voluntários. Todos eram funcionários de uma mesma empresa e não possuíam um histórico de doenças cardiovasculares na família.

Ao longo do estudo, os voluntários passaram por uma bateria de testes e avaliações, os quais coletaram dados como o IMC (Índice de Massa Corporal) e também os níveis de colesterol. Os pesquisadores ainda consideraram outros critérios externos como o grau de escolaridade, se os participantes fumavam e se costumavam praticar atividades físicas.

A partir desses dados, o estudo concluiu que cerca de 25% dos voluntários aproveitava devidamente o café da manhã, consumindo ao menos 20% das 2 mil calorias diárias durante a refeição matinal. Por outro lado, a imensa maioria, 70%, consumia algo entre 5 e 20% da cota calórica diária, o que os médicos consideram pouco. Ainda havia um terceiro grupo, de quase 5%, que afirmaram tomar apenas um suco de frutas ou uma xícara de café, sem comer absolutamente nada durante a parte da manhã.

De acordo com o estudo, esse grupo que não consumia nada durante o café da manhã chegou a acumular 1,5 vezes mais gordura na região das artérias, quando comparado ao grupo que consumia 20% das calorias diárias durante a refeição. Em certas partes do corpo, o acúmulo de gordura chegou a ser até 2,5 vezes maior, o que aumenta muitos os riscos de se ter um infarto ou AVC.

Além disso, apesar de pularem essa refeição, o grupo que não tomava café da manhã apresentou uma circunferência maior de quadril, pressão arterial e IMC mais elevados, níveis de glicemia altos.

Segundo Valentín Fuster, um dos idealizadores da pesquisa, as pessoas que pulam o café da manhã tendem a comer de forma estranha e errada ao longo do dia, tendo assim um estilo de vida pobre em termos de saúde. Curiosamente, esse mesmo grupo de pessoas também foram os que afirmaram consumir mais carne vermelha, ingerir bebidas alcoólicas e fumar mais.